segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Os Rocks de Roberto Carlos

  Tive a idéia de produzir essas duas coletâneas ao imaginar como seria uma versão das famosas coletâneas azul e vermelha dos Beatles com músicas de Roberto Carlos. Foquei na fase rock'n'roll da sua carreira e, claro, usei as cores verde e amarelo. A arte das capas ficou por conta de Johnny Fonseca.
  Quem não conhece a fase roqueira do trabalho de Roberto Carlos com certeza vai se surpreender ao ouvir essas gravações e encontrar uma variedade muito grande de ritmos e influências dentro do universo rock, por exemplo, rockabilly, psychobilly, ska, psicodelia, funk, soul, samba-rock, punk-rock, hard-rock, baladas, sempre com ótimas letras, muitas vezes rebeldes e de protesto, em outras malandrão e debochado, e claro, já bem presente o lado romântico e mulherengo do rei. O seu trabalho fica acima dos demais que faziam rock na época, a nível mundial!
  Roberto Carlos foi o criador da jovem-guarda em 1965 com o lançamento de seu lp e com o começo de seu programa de TV homônimos, onde se apresentavam as bandas e cantores(as) de rock, levando o termo jovem-guarda a se tornar um sinônimo de rock brasileiro na epóca.


                                          Os Rocks de Roberto Carlos vol. 1 (verde)


                                          Os Rocks de Roberto Carlos vol. 2 (amarelo)


Um comentário: